Ágora Virtual

Neste mês estarei escrevendo sobre um assunto que está virando uma forma inteligente de reunir políticos e comunidade para troca de ideias e decisões quanto a assuntos ligados a ações políticas. Na Grécia Antiga, às praças públicas eram denominadas Ágora. Neste local ocorriam reuniões onde o povo grego debatia sobre temas ligados a cultura, obras públicas, leis, justiça, entre outros e deliberavam destinos sobre a sua pólis (sua cidade). Muitas vezes os cidadãos realizavam o voto direto em assembleias nesse espaço. Além disso, a Ágora também possuía finalidades religiosas, como cerimonias e eventos, e econômicas, como comércio de mercadorias, acordos e negociações. Já o conceito Ágora Virtual baseou-se em criar formas de trabalhar as transformações econômicas, politicas e sociais no ciberespaço. O filósofo tunisiense Pierre Lévy, criou o termo baseado em estudos de fluxos de informação e suas interações com a internet. Segundo ele, a Ágora Virtual é o espaço de discussão da sociedade por meio da internet. A prefeitura de Canoas é uma das que já saíram na frente na implantação desse conceito, segundo o secretário de Relações Institucionais da administração municipal, Mário Cardoso, a ideia é estimular o protagonismo do canoense na gestão pública também via internet. Tenho certeza que essas atitudes demonstram um poder de integração forte entre os gestores políticos e a sociedade, e aguardamos que outros municípios tenham essa iniciativa para elaborar projetos como esse.

Coluna para o Jornal Cidadania de Antônio Prado - Edição Abril de 2011.