O Facebook como canal político

O criador do Facebook, Mark Zuckerberg, um americano de 24 anos é o responsável por uma das mais poderosas redes sociais do mundo. O Facebook atualmente é um fenômeno cultural entre os adolescentes e adultos que torna para seu fundador um negócio extraordinário. Esta ferramenta abriga uma enorme coleção de informações que já conta com mais de 500 (quinhentos) milhões de usuários, e a empresa já se tornou uma das mais admiradas do mundo digital. Mesmo com muita repercussão no cenário mundial, o Facebook ainda é pouco conhecido no Brasil, com cerca de 7 (sete) milhões de brasileiros conectados a ele, número este, ainda muito pequeno em relação aos 36 (trinta e seis) milhões de usuários da rede social dominante atualmente, o Orkut. As redes sociais estão dominando a era digital e se tornando uma forma muito inteligente para que os políticos divulguem seus projetos e se aproximem ainda mais dos seus eleitores e da população. Essa aproximação se dá a partir da criação de seus próprios perfis e de comunidades. Tanto nos perfis como nas comunidades têm-se a opção de postar fotos e informações do próprio político e dos seus partidos, possibilitando assim um excelente canal político. Além disso, os entes públicos como Prefeituras e Câmaras Municipais também já estão se beneficiando desse recurso, extraindo ótimos resultados com um investimento muito pequeno. Notemos que a cada dia que passa a tecnologia vai nos disponibilizar recursos para que possamos ter mais acesso a informações sobre a área pública, e isto é muito bom para estarmos atentos ao que está acontecendo.

Coluna para o Jornal Cidadania de Antônio Prado - Edição Dezembro de 2010.