A carreira de Gestor Público

Neste mês o tema que abordarei está relacionado à profissão de Gestor Público. Ainda em tramitação para sua regulamentação, mas já bem adiantada, a homologação de profissionais que trabalham como gestores atuando em entes da federação (estado, município e união) e três poderes (legislativo, executivo e judiciário) vêm crescendo de forma exponencial e torna-se essencial nos dias de hoje. De acordo com o projeto de lei do deputado Jovair Arantes, de 2005, "... considera-se gestor público o profissional que desempenha profissionalmente a atividade de planejamento e execução das atividades específicas de gestor na Administração Pública direta e indireta, indireta ou instâncias públicas." Os pré-requisitos para exercer essa função é a conclusão de curso superior em formação específica em gestão pública ou comprovação em cargo e/ou emprego na condição de gestor público. As principais atribuições desse cargo, segundo Arantes, são: a integração de fontes de culturas com oportunidades de desenvolvimento social e econômico; elaboração de projetos estratégicos eficazes para gestão da administração dimensionando riscos para otimização de resultados; conhecimento de teorias contábeis, financeiras e orçamentárias promovendo o desenvolvimento da entidade ou municipalidade a qual está ligado; colaboração no processo de organização da população defendendo os direitos humanos e de cidadania; desenvolvimento da consciência da preservação ambiental e desenvolvimento sustentável; inovação em modelos de qualidade que primem pelo atendimento nos serviços para a população; assessoramento ao planejamento e gerenciamento público; e, conhecimento das premissas legais para pautar a administração pública.

Coluna para o Jornal Cidadania de Antônio Prado - Edição Setembro de 2011.